18/10/2021

A alta dos Fretes Marítimos Internacionais

Se você trabalha na área de Comércio Exterior, certamente percebeu que estamos passando por um período de instabilidades: muitos contêineres parados nos portos, um número reduzido de contêineres disponíveis e, por fim, a alta dos fretes marítimos internacionais.

O cenário do mercado internacional após o surgimento da Covid-19 trouxe muitas incertezas para o mercado global. E, além dos problemas que surgiram pelo coronavírus, os problemas meteorológicos enfrentados na China pioraram a situação. Este momento é chamado por alguns especialistas como “Tempestade Perfeita”.

Por mais que especialistas falem que a solução esteja diretamente ligada a produção de novos contêineres e pela rapidez nas operações nos portos, esta é uma solução que demanda tempo.

As projeções realizadas para a mensuração da inflação não levavam em conta o frete marítimo em suas estimativas. Com o aumento dos últimos meses, economistas estão considerando o índice e prestando mais atenção neles.

Além disto, o Ministério da Infraestrutura já afirmou, nesse momento, não há muito a fazer já que se trata de um problema de ordem internacional.

Como a alta dos fretes afeta os consumidores

Sabemos que, além dos fatores que abordamos até aqui, o custo do frete pode ser influenciado pela escolha do modal, a urgência da carga, sua frequência, além das características e disponibilidade.

Como a economia está sendo retomada gradualmente, o movimento no mercado internacional aumentou, o que sobrecarregou tanto os armadores como a capacidade logística global. E, com a alta no custo dos fretes, existe um reflexo em toda a cadeia logística, até no custo do produto final.

Quando falamos do custo para o varejo, já é percebido no mercado o impacto ao consumidor final. Esta alta reflete diretamente no preço dos insumos que são importados.

A FCA Log busca saídas para minimizar o impacto

Existem previsões positivas que mostram que a normalização dos custos dos fretes deve acontecer por volta de 2022, quando houver um maior controle pandêmico.

Mas você pode seguir com pequenas ações que podem ajudar a sua empresa a tomar as melhores decisões neste momento, como planejar antecipadamente os seus processos de importação e exportação, contar com fornecedores que estejam de acordo com os objetivos de sua empresa, acompanhar de forma próxima os valores de fretes praticados pelo mercado.

A FCA Log possui saídas consolidadas (LCL) com fretes competitivos de portos da China diretamente para o de Santos (Brasil). São saídas semanais de Shanghai, Shenzhen, Ningbo, Qingdao e Hong Kong.

O foco da FCA Log está na otimização de processos e custos de toda a cadeia logística. Seja em cargas internacionais e nacionais a empresa sempre aprimora as operações dos seus clientes. Isso possibilita a negociação da armazenagem de LCL no porto de Santos com toda segurança, praticidade e gerando melhor desempenho na logística.

Converse com os nossos especialistas clicando aqui e conheça mais sobre a FCA Lo.g

Fique por dentro de tudo sobre o mundo logistico

Receba em primeira mão no seu e-mail as novidades da FCA Log.

Leia Também

13/05/2022

Como reduzir os custos em seus processos de importação?

Para tornar-se mais competitivo nos negócios, é importante conhecer formas de reduzir custos em todo o seu processo de importação. Hoje abordaremos algumas dicas para ajudar […]

27/04/2022

Nota fiscal de importação: o que é e a forma correta de emitir

Já comentamos em alguns textos de nosso blog que, ao importar mercadorias para o Brasil, existem documentos que são obrigatórios para a viabilização do processo. Confira […]